10 de abr de 2012

Tutorial: Criando seus moldes

Olá! Bem, estou bastante atrasada neste post, pois estava preparando-o para a Páscoa. Os últimos dias foram tão atribulados que os próprios coelhos que vou mostrar foram entregues encima da hora. O caso é que eu estou com bastante material acumulado para vocês!
Então vamos lá. O que é que eu tenho de novidade neste tutorial? Graças a Deus nossa grande rede tem milhares de boas almas que não só ensinam a criar coisas a partir de costura, como também cedem os moldes necessários. Nesta Páscoa que passou, tive vontade de presentear algumas pessoas com coelhinhos feitos de feltro, que honestamente não são muito baratos quando se compra. Para completar, minha cunhada Luanny me encomendou um coelhinho para presentear um bebê. Então vem a questão, como fazer agora?
Para meus objetivos, os coelhos precisavam ser grandes. Procurei alguns modelos, mas honestamente nenhum me satisfez. Tive uma ideia bem louca: transformar uma foto em molde!
Procurando imagens originais de coelhos de feltro, eis que encontrei esta que me agradou bastante:


Não sei dizer a fonte precisa desta imagem, pois está em vários sites. A primeiro momento, iria fazê-lo como está na imagem, depois preferi fazê-lo com roupinha, como poderão ver. Não sei dizer se o procedimento que usei para conseguir os moldes foi o mais adequado, mas para mim deu certo e gostei do resultado.
Primeira coisa que se deve ter em mente: não insista nem se desespere, seu resultado nunca ficará igual ao referenciado no molde que você tem. Foi me baseando nesse raciocínio que me arrisquei na criação dos moldes. 

Primeiro passo: consiga fazer com que a foto que você usará como molde fique do tamanho que você deseja. A principal questão é que teremos de imprimir a foto, e num tamanho muito grande não é possível fazer isso. Consegui resolver isso criando um poster no photoshop Picasa. Eu recomendo, é uma ótima ferramenta. Você pode fazer o download bastante seguro por aqui. Na criação do poster, você dimensiona como quiser, e ele divide sua imagem em quantas forem necessárias, que se encaixam . Criei um poster da imagem acima na dimensão de 200% em relação a original. Não sei em relação a outras ferramentas, mas no Picasa as imagens geradas são semelhantes a um quebra cabeça, onde imagem X é posicionada a uma certa distância encima de uma imagem Y. Na imagem será mais fácil entender.

Percebam que mal dá para ver a impressão das imagens. Fiz isso porque achei desnecessário gastar tinta da impressora com molde. Clareei até onde achei desejável e possível de identificar as linhas que me servirão como molde, e desenhei-las com lápis (#ficaadica). Recortei a imagem que se criou para o molde. 



Segundo passo: Acredito que este seja o mais complicado, principalmente para quem não tem muita aptidão com desenho, como eu. A primeira coisa que se tem em mente: nunca rasgue ou recorte este primeiro molde criado, crie outros a partir dele. No caso do coelho, achei necessário um molde para a cabeça, outro para os bracinhos e outro para os pés. Você pode riscar encima desse para decalcar, e formar o desenho de cada parte. Eis o meu resultado disto:


Os pés e o corpinho dele fiz realmente só de imaginação. não se preocupe em ter um molde perfeito, a peça será costurada e não ficará igual. Mas tenha bom senso no trabalho para saber se tudo está caminhando bem.
Perceba que a cabeça e o tronco do coelho estão vincados ao meio. Isso acontece porque foi usado a regra da simetria: no caso em questão, foi possível igualar as metades para ficar mais uniforme. É opcional, mas acho interessante fazer isso nestes casos onde estamos trabalhando com moldes imprecisos.

Terceiro passo: Corte o pano desejado com os moldes. No meu caso, precisei fazer coelhos pequenos e grandes; então usei o molde para a criação dos pequenos, e aumentei, como na figura, usando a medida que queria em relação ao molde. É só seguir o mesmo desenho, mas com a distância que você quiser. Observe:


Quarto passo: Corte o tecido com a medida de aproximadamente 0,5cm de distância em relação à linha que você criou. Isso vai garantir que sobrará espaço para a costura. Se você precisar fazer várias peças iguais, tenho uma indicação que acredito ser a mais eficiente. Recorte o primeiro resultado que acabou de fazer baseado no molde; como tudo nesse tipo de peça se faz com dois moldes iguais, um sobre o outro, e costura-se, você precisará que pelo menos uma das peças esteja com o risco que determina onde a costura passará. Com uma caneta a gel ou que solte tinta facilmente, faça pontinhos pela linha da costura, do pano cortado como referência, com o outro pano que se deseja marcar embaixo. Certifique-se de que os pontos estão ficando marcados no pano de baixo:


Quinto passo: ligue os pontos e termine a peça. Se achar necessário, faça o mesmo procedimento dos pontinhos com a segunda via do molde cortado.


Observação nº1: No caso da cabeça do coelho, deve-se ter cuidado. A parte interna das orelhas eu fiz na mesma linha do molde, para ficar equilibrado, como na figura:


Observação nº2: O rosto do coelho precisa ser marcado de acordo com o molde, como nos olhos, boca e nariz, para que se saiba onde costurá-los depois. Por isso, também fure esta parte do papel para marcar os panos:



E eis os resultados dos meus coelhinhos!




Espero que tenham gostado, e que eu tenha conseguido explicar tudo direitinho! Até mais! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário