20 de mar de 2012

Sketch para Scrapbooking

Bom dia! Bem, hoje vejo trazer algumas dicas muito básicas sobre a confecção de técnicas scrapbooking. Não falarei sobre nada muito especial, mas coisas que ajudam muito quem está dando os primeiros passos.
O primeiro truque que pode ser usado, que eu até ontem não sabia, são os chamados Sketchs para scrapbooking. A maneira mais fácil de achá-los é através da pesquisa no Google Images. Aliás, é um de meus sites mais olhados com relação à ideias que eu precise encontrar. Através da imagem, você descobre o que quer e se direciona ao site da informação. Mas voltando aos sketchs, eles são modelos de estruturas que você pode empregar no seu scrapbook. Os sketchs vão de páginas à própria capa, e você pode escolher o modelo que se adequa ao que você quer. Eu particularmente tinha muita dificuldade em achar uma organização que combinasse com meus objetivos. Mas, mesmo com os sketchs, não se deve dispensar a consulta a outros modelos prontos, que lhe ajudam muito a desenvolver sua imaginação na área. Aqui vão alguns modelos que eu achei:





Outra coisa muito explorada na rede que serve demais para nos ajudar com novas técnicas são os tutoriais. Para quem tiver mais dificuldade, os vídeos são mais recomendados, mas muito do que eu sei hoje foram através de imagens de passo a passo. E, se você achou um site da área que você procura, nunca deixe de olhar outros tópicos, mesmo que não seja o que você quer encontrar. Eu faço muito isso, e minha lista de favoritos do navegador está lotada de sites e blogs com dicas muito boas, que um dia mostrarei todos a vocês. Seja qual for sua ideia inicial, procure sobre, mesmo que pareça absurda. Você pode fazer muita coisa com suas mãos e não precisar pagar a alguém para fazer. Se não achar tutoriais, olhe modelos do que você quer, e tente. Hoje posso dizer que faço muitas coisas diferentes, mas errei muito para saber fazer agora. Observe o que você quer, imagine como foi o processo de criação e veja se pode fazer. Garanto, isso lhe ajuda demais, e principalmente te faz adorar fazê-lo, sentir-se muito criativa. Aqui embaixo vai a imagem de uma bolsa que eu criei, quase sem nada que me ajudasse. 


O que me incentivou a fazê-la foi ter achado, aleatoriamente em pesquisas, uma bolsa linda, estilo maleta, de tecido, onde a garota do blog dizia ter sido a sua primeira bolsa. Pensei: por que não posso fazer uma também? Tive o primeiro desestímulo; não tinha máquina de costura, e nenhum dinheiro para comprar. É claro que pretendo comprar um dia, mas não é à toa que temos mãos e criatividade não é? (Só para lembrar, criatividade não se tem, se pratica!). Olhei para um modelo de bolsa que queria, e vi onde as costuras acabavam. Assim, soube as partes que teria que cortar para montá-la. Montei-a, com forro, e amei o resultado! Achei um site que ensinava a fazer a florzinha de sianinha, que depois ensinarei aqui. Nada ficou muito bom, foi minha primeira tentativa e foi feita à mão. Mas foi bastante elogiada, mesmo sendo simples.
E é isso, não tenha medo de errar. Confie em si mesmo e ame a arte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário